Cine B - projeto leva cinema brasileiro para comunidades de São Paulo

Hoje, 19 de junho, é o Dia do Cinema Brasileiro. Segundo historiadores, nesta data, no ano de 1898, foram gravadas as primeiras imagens do Brasil pelo cinematógrafo.

O dirigente sindical Luiz Claudio Marcolino, quando presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, idealizou o projeto Cine B, hoje Cine B Solar, em parceria com a Brazucah.

O Cine B é um projeto de cinema itinerante que exibe filmes brasileiros em regiões periféricas de São Paulo, Osasco e Região. Desde 2007, o projeto foi responsável por realizar mais de 400 sessões de filmes brasileiros para um público superior a 60 mil pessoas.

"Levar cultura para regiões carentes é papel fundamental de um sindicato cidadão, como o dos bancários. É democratizar a cultura", afirma Marcolino.

O coordenador do Cine B, Cidálio Vieira Santos, conta que por diversas ocasiões receberam depoimentos emocionados de pessoas que nunca haviam assistido a um filme em tela grande. “Tudo isso começou na gestão do Luiz Claudio Marcolino. Ele acreditava que levar o nosso cinema gratuitamente para a população é uma forma de oferecer cultura de qualidade para a região que o trabalhador mora. E a atual gestão do Sindicato, presidido por Ivone Silva, não só continua apoiando a ideia, como também tem ampliado ano a ano este projeto", ressalta.

Cine Comunidade - Marcolino também já possibilitou que o projeto de democratização do cinema se expandisse para todo o Estado de São Paulo com o Cine Comunidade, resultado da indicação de recursos feita ao orçamento por meio de emendas parlamentares, quando foi deputado estadual. O projeto alcançou mais de 3,3 mil pessoas em 12 cidades entre 2012 e 2014.


Texto: Mariana Valadares (MTB: 43155/SP)
Foto: Arquivo

Vídeos






Recomendamos

This will be overridden This will be overridden This will be overridden This will be overridden This will be overridden